O clichê de Nicholas Sparks

terça-feira, 28 de maio de 2013




Uma constante reclamação que fazem e refazem em torno de Nicholas Sparks, autor que faz e refaz best-sellers é a de que seus livros são clichês. Bom, eu até concordo em partes. Mas, às vezes penso que esse amor que ele tanto escreve, pode ser real. Da mesma forma que "Diário de uma paixão" foi real.

Apesar de ser um pouco clichê, eu acho que prefiro encontrar esse amor tão doce que dá diabetes descrito nos romances do Nicholas do que aquele amor banalizado e carnal nos filmes sexistas, do que aquele amor ciumento e doentio das novelas, do que aquele amor interesseiro que vemos na mídia. Acho que ainda prefiro o amor que é baseado na troca de cartas, do que aquele que começa com uma única frase: "Mas, qual seu nome?" depois de tudo.  Eu ainda prefiro esse livro que  parece ter sido feito com uma receita de bolo com muuuuita açúcar, do que aquele feito com tanta pimenta que envenena.   Apesar de ser uma fonte para enriquecer Holywood, eu ainda prefiro chorar por amor do que rir com besteirol. 

Apesar de tudo, eu ainda prefiro o amor entre Savannahs e Johns, Allies e Noahs, Landons e Jamies do que aquele amor acabado, na mesa do advogado especializado em divórcio...






E vocês, o que acham? Ainda é clichê? Comenta aí! E se inscrevam no blog!!!! 
Beijos, Júlia Caldas






8 comentários:

  1. Concordo Júlia, se a realidade é tão amarga, vamos viver o irreal mesmo... Não dá pra explicar o sentimento que os livros do Nicholas provoca em nós. São romances incríves. Eu aprecio bastante!

    Enfim... amei seu blog <3
    é a primeira vez que o visito e já estou apaixonada. Eu tenho um blog também chamado Confidence(Garotas em palavras). Gostaria muito que você o visitasse e seguisse. Será um prazer!

    http://www.confidencegp.blogspot.com.br/
    tenho certeza de que vai amar
    Aguardo a sua visita, Beijoos :*

    ResponderExcluir
  2. ele é muito bom! adoro <3 Atualizado lá no blog flor, espero você (: http://meninascapricho-dada.blogspot.com.br/2013/05/tendencia-bart-simpson.html

    ResponderExcluir
  3. Sou super fã do Nicholas e, por mais clichê que ele seja, sempre tem uma coisinha diferente em cada história que nos emociona mais que a anterior.
    Também prefiro esse tipo de história por ainda acreditar nesse tipo de amor.

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro Nicholas, só não acho muito legal ele publicar tanto livro,um em cima do outro, isso me faz parecer que não vão ser histórias muito diferentes uma das outras...
    Mass, os que li, adorei *--*
    Olha,adorei seu blog e tô seguindo também ><
    Dá uma olhada no meu, e segue se gostar!
    http://coracao-de-garota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu AMO!
    Pode ser o clichê que for, mas eu adoro ler!
    É igual filme de comédia romântica, to cansada de saber o final, mas ainda sim me diverte e me emociona sempre!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Júlia. Citei esse post lá no Nicholas Brasil:

    http://nicholasbrasil.com.br/o-cliche-de-nicholas-sparks-por-julia-caldas/

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Os livros me revelam não só o mais lindo dos sentimentos mais sim o quanto devemos nos dora pra conseguir vivenciar em sua plenitude o amor. Cada pagina virada é como se minha alma se engrandece-se de paz, alegria e as lagrima que caiem sobre as paginas ate a ultima folha nos demostra apenas que o clichê faz parte apenas da mente de pessoas opositoras que ainda não encontram um grande amor ou se quer uma boa razão pra viver.

    ResponderExcluir
  8. Os livros me revelam não só o mais lindo dos sentimentos mais sim o quanto devemos nos dora pra conseguir vivenciar em sua plenitude o amor. Cada pagina virada é como se minha alma se engrandece-se de paz, alegria e as lagrima que caiem sobre as paginas ate a ultima folha nos demostra apenas que o clichê faz parte apenas da mente de pessoas opositoras que ainda não encontram um grande amor ou se quer uma boa razão pra viver.

    ResponderExcluir







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!